Eles vão te ajudar a realizar as mudanças que quer fazer.

Vamos começar por conceitos. É consenso que um objetivo é algo que eu quero alcançar. Mas, e meta, não é a mesma coisa? Pois é. Não é. São graus diferentes de atuação.

Você tem um estilo de vida que quer conquistar. Quer ter uma vida de uma determinada forma. Quer mudar de vida. Ter mais sucesso. Ser mais feliz. Para alcançar isto você precisará tomar um primeiro nível de ações, que abrangem áreas da sua vida. Esse primeiro nível são os objetivos. Objetivos são mais amplos.

Para alcançar esses objetivos, é necessário um segundo nível de ações, que são mais detalhadas que as primeiras e contém elementos quantitativos para você poder avaliar a sua evolução e se as suas ações estão sendo efetivas. Esse segundo nível são as metas.

Como você irá alcançar as metas, utilizando que ferramentas, em quanto tempo, e através de quais atitudes e decisões é um terceiro nível e esse sim, são as ações propriamente ditas e o mais detalhadas possível.

Imagine que você decidiu que quer ter mais qualidade de vida. Alguns de seus objetivos podem ser emagrecer, ter uma vida mais saudável, diminuir o nível de stress, entre muitos outros. Vamos continuar com um dos objetivos: emagrecer. As suas metas poderiam ser: emagrecer 10 kg em 3 meses, correr 10 quilômetros em 5 meses, etc. Como você fará para emagrecer 10 Kg? Suas ações poderiam ser: fazer um acompanhamento com uma nutricionista, introduzir uma atividade aeróbica 5 vezes por semana, uma reeducação alimentar, etc.

Fazer isso pode parecer um exagero, mas os objetivos e metas são importantes porque funcionam de diferentes formas:

  • Mostram-nos que sabemos onde queremos chegar. Quando não temos isso claro é fácil nos deixarmos levar por distrações e priorizarmos outros interesses, principalmente os momentâneos e passageiros.

  • Fornecem-nos parâmetros para medirmos a evolução naquele objetivo. Se não temos isso, não temos como fazer correções nas nossas ações e implementarmos ações mais efetivas que nos levarão mais rápido ao atingimento de metas.

  • Relembrarmos nossos objetivos é motivador. Sempre passamos por momentos de desânimo, preguiça, de falta de estímulos, e nesses momentos, trazer à mente os objetivos de forma clara, é como receber uma injeção de ânimo. Lembre-se: não há outra forma de alcançar um objetivo, sem passar pelo caminho necessário.

É fundamental que ao traçar os seus objetivos você tenha muito claro o que é importante para você, os seus valores, o que você quer alcançar. Elenque e priorize. Seus objetivos devem conduzir à vida que você quer. Detalhe as ações de cada meta, de cada objetivo.

Quer uma dica? Comece fazendo uma lista com 5 a 6 coisas mais importantes para você. Todas elas fazem parte da sua vida? Se não, avalie se alcançá-las seria um objetivo. Analise os seus compromissos diários: eles estão em concordância com essas 5 a 6 coisas mais importantes? Se não, você já tem mudanças para realizar. Analise os seus valores, essas 5 a 6 coisas refletem os seus valores? Se não, aí também há outro ponto de atenção. Lembra-se do que falamos sobre sucesso? Essas 5 a 6 coisas estão presentes no seu sucesso?

Agora, é a sua vez. Pare e comece a colocar no papel os seus objetivos, meta e as ações para promover as mudanças que você quer.